© 2023 by Nature Org. Proudly created with Wix.com

Nesta estação, teremos oportunidade de fazer observação das aves existentes.

 

A ria Formosa é composta por uma densa rede de canais, separados entre si por ilhotes de sapal e areia. 
Existem diversas empresas sedeadas em Faro ou Olhão que efectuam ligações diárias às ilhas e que 
percorrem esta área. Aqui podem ser observadas inúmeras aves aquáticas, destacando-se a garça-branca pequena (presente um pouco por toda a ria), a garça-real e o colhereiro. Por vezes vê-se algum tartaranhão-ruivo-dos-pauis. As limícolas são muito abundantes, destacando-se o ostraceiro, que aqui é especialmente numeroso, podendo às vezes observar-se bandos de várias centenas; outras espécies de limícolas habitualmente presentes são: a tarambola-cinzenta, o borrelho-grande-de-coleira, o borrelho-de-coleira-interrompida, o maçarico-galego, o maçarico-de-bico-direito, o fuselo, o perna-vermelha-comum, o maçarico-das-rochas e a rola-do-mar. Outras espécies que aqui podem ser observadas são o garajau-comum e o guarda-rios. Durante o Inverno é frequente ver alguns mergulhões-de-pescoço-preto alimentando-se nos 
canais da ria.

Acerca

Nas zonas de vasa, um pouco mais a frente, podem observar-se, sobretudo durante a baixamar, várias aves alimentando-se no lodo. Estas aves, designadas genericamente por limícolas, alimentam-se de pequenos organismos (vermes, crustáceos, moluscos) que vivem enterrados na vasa.

Zonas Húmidas

As zonas húmidas, consideradas durante multo tempo como áreas imprestáveis, fontes de mosquitos e maus cheiros, são hoje reconhecidas como possuindo elevado valor biológico, tanto em termos de avifauna, como por serem zonas de "maternidade" ("nursery") de numerosas espécies de peixes, moluscos, crustáceos, etc.

Aves Frequentes

As aves mais frequentes são a garça-branca (Egretta garzetta), a garça-cinzenta (Ardea cinerea), o pernilongo (Himantopus himantopus), a cegonha-branca (Ciconia ciconia), o perna-vermelha (Tringa totanus) e o pilrito-comum (Calidris alpina).

Merece destaque o Camão ou Galinha-sultana Porphyrio porphyrio, espécie emblemática do Parque, sendo que, devido à crescente proteção e estudo desta espécie, os efetivos populacionais desta têm aumentado nos últimos anos.
Merecem também destaque a colónia de Garça-branca-pequena Egretta garzetta, tendo o Colhereiro Platalea leucorodia também nidificado em alguns anos; e as populações de Cegonha-branca Ciconia ciconia.

Aves Limícolas

Das limícolas destacam-se o borrelho-de-coleira-interrompida Charadrius alexandrinus, o borrelho-grande-de-coleira Charadrius hiaticula, a tarambola-cinzenta Pluvialis squatarola, o fuselo Limosa lapponica, o milherango ou maçarico-de-bico-direito Limosa limosa, o maçarico-real Numenius arquata, o alfaiate Recurvirostra avosetta, o perna-longa ou pernilongo Himantopus himantopus, o pilrito-pequeno Calidris minuta e o pilrito-comum ou de peito-preto Calidris alpina.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now