© 2023 by Nature Org. Proudly created with Wix.com

 

Na margem continental da laguna, onde nos encontramos, as dunas não são frequentes e quando ocorrem são pouco desenvolvidas. Tal resulta por, nestas águas abrigadas, o transporte de sedimentos ser reduzido.

Temos uma situação bem diferente no cordão de ilhas barreira, com 50 km de extensão, entre o Ancão e a Manta Rota, que delimita a laguna. A ação do vento, das correntes e das marés arrasta anualmente centenas de milhares de toneladas de areia e modifica incessantemente o contorno das ilhas.

Não nos esqueçamos que atravessamos um período de subida do nível dos mares, em que as ilhas barreira tendem a recuar em direção ao continente. Este fenómeno natural é reforçado pelas intervenções do homem sobre o litoral: construção de marinas e portos, instalação de esporões. A construção (muitas vezes clandestina), o pisoteio e o tráfego de veículos (nas penínsulas) ao destruírem a vegetação dunar facilitam a erosão.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now